Reclamações, queixas e murmurações: atitudes que afastam o cristão de Deus

Vocês já repararam como existem pessoas murmuradoras? Reclamam de tudo e de todos, nada lhes satisfaz. O tempo, o trânsito, o chefe, o vizinho: tudo é motivo de lamúrias.

O Senhor não se agrada de cristãos murmuradores. Murmurar em excesso é falta de fé e confiança em Deus. É uma ingratidão tamanha com Aquele que nos cobre de bênçãos todos os dias. Podemos ver, ouvir, respirar, alimentar-nos, trabalhar, ver o sol, a lua, as estrelas e o mar. E que mundo impressionante Deus criou para desfrutarmos.

Perder tempo se lamentando e reclamando, tira-nos o fôlego e a energia para vivermos uma vida em comunhão com Jesus Cristo. A Bíblia nos ensina:

“Tendo pois ali o povo sede de água, o povo murmurou contra Moisés, e disse: Por que nos fizeste subir do Egito, para nos matares de sede, a nós e aos nossos filhos, e ao nosso gado?” (Êxodo 17:3)

Deus livrou o povo da escravidão no Egito, alimentou-o e matou a sua sede. Mesmo assim, eles eram impacientes e murmuravam. Resultado: nenhum desses viu a Terra Prometida. Houve um atraso de 40 anos na bênção porque o povo se deixou levar por sua vaidade, queixando-se de um Criador que estava com eles dia e de noite! (Deus se manifestava como uma nuvem que seguia o povo durante o dia e como uma coluna de fogo que iluminava a escuridão do deserto à noite).

 Diante de todo o exposto, será que ainda temos o direito de murmurar?

Perdoar – Guardar mágoas e rancores contamina o coração

Nenhum ser humano na face da Terra é perfeito. Todos nós cometemos erros, ofendemos pessoas conhecidas ou não, tomamos atitudes impensadas das quais nos arrependemos depois.

A história da criação do homem e de sua relação com Deus é baseada na transgressão que Adão e Eva insistiram em cometer e em toda a obra redentora que o Senhor, pela Sua misericórdia, empreendeu. A morte expiatória e vicária de Jesus Cristo na cruz do Calvário foi um ato de amor de Deus, que se esvaziou da sua glória para nos livrar de nossos pecados.

Se o Senhor Deus que é perfeito perdoa as faltas que o homem comete, o que dizer de nós, seres imperfeitos e incompletos… Guardar mágoas e rancores contamina o coração. É um peso que simplesmente não vale a pena carregar. Temos dois versículos bíblicos importantíssimos que dão suporte a essas ideias:

Então Pedro se aproximou dele e disse: “Senhor, quantas vezes devo perdoar a meu irmão, quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?”

Respondeu Jesus: Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete.”

 (Mateus 18:21-22)

“E quando vos puserdes de pé para orar, perdoai, se tiverdes algum ressentimento contra alguém, para que também vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe os vossos pecados.

Mas se não perdoardes, tampouco vosso Pai que está nos céus vos perdoará os vossos pecados.”

(Marcos 11:25-26)

O fim do ano se aproxima! Há alguém com quem você tem diferenças não resolvidas? Engula o orgulho e procure essas pessoas. Peça perdão e diga que está arrependimento. Você verá que Deus irá se agradar com essa atitude e o coração de ambos os envolvidos encontrará paz!

Como pedir perdão para alguém